Nossa História

Acreditando na educação e fazendo acontecer

“Fazer o bem em favor dos menos afortunados com obras assistenciais e educacionais é dever da humanidade e sadio patriotismo. Só assim construiremos um mundo melhor.”

Essa foi a justificativa inicial para a construção de uma Escola, em meados do ano de 1952, na vila IAPI.
Essa é a história da nossa Escola.

Anos 50 – como tudo começou

No início da segunda metade da década de 1950, a convite do Pe. Alfredo Venturini, as Irmãs Palotinas prontamente iniciaram a condução de um trabalho educacional para uma pequena turma de Jardim de Infância em sua própria casa.

No dia 23 de março de 1953, como o nome de Sociedade Beneficiente e Escolar Nossa Senhora de Fátima em colaboração com o SESI, que mantinha trabalhos de assistência junto a Igreja Nossa Senhora de Fátima, sita à Rua Napoleão Laureano S/N começou a funcionar a primeira série do Ensino Fundamental, na Sacristia da Igreja Nossa Senhora de Fátima.

Após algum tempo a Escola teve sua sede própria, construída em madeira e de dois pisos. Como homenagem ao Construtor da Vila IAPI, a Escola passou a chamar-se Dr. Edmundo Gardolinski.

Anos 60 – A NOVA CONSTRUÇÃO

Desde a sua fundação, a Escola foi desempenhando sua missão com muitos desafios e dificuldades, mas também com muitas vitórias e alegrias. No ano de 1969 tIiveram início às obras do prédio onde funciona hoje a Escola “Nossa Senhora do Cenáculo”, concluída no ano de 1980.

A construção, com o passar do tempo foi, se ampliando até os dias de hoje.

Anos 70 e 80 – a consolidação

A medida que a construção do novo prédio evoluía, as atividades e a atuação da escola se expandiam; em 1974 funcionavam turmas de jardim de infância à 5ª série; em 1975, a 6ª série foi implementada, e a partir de 1976 a 7ª e a 8ª séries.

O pequeno projeto, que dera seus primeiros passos, mais de vinte anos, agora estava concretizado, e a Escola podia finalmente oferecer à comunidade e seus alunos, o primeiro grau completo (ensino fundamental).

Anos 90 – Resgate filosófico

Nos anos de 1990, a Escola passou por uma análise institucional da mantenedora, e após 1997 diante dos desafios que se foram apresentados e da filosofia da mesma, a Escola passou-se a chamar-se Escola “Nossa Senhora do Cenáculo”.

O CENÁCULO, para os cristãos, é a Sede da Sabedoria, o lugar da reunião e união dos Apóstolos, o lugar privilegiado do início da Igreja.

NOSSA SENHORA DO CENÁCULO é a Mãe, a Rainha dos Apóstolos. É aquela que depois de Jesus, mais se empenhou na educação e formação da fé dos apóstolos e dos primeiros discípulos da era cristã.
Por esta razão, nossa Escola quer tê-la de maneira muito especial como sua Mãe, Padroeira e Rainha. Seu lugar será no coração da mãe, a  “Senhora do Cenáculo”.
Dr. Edmundo Gardolinski continua Patrono da Escola, tendo seu destaque especial.
Assim hoje, a Escola Nossa Senhora do Cenáculo é mantida pela Congregação do Apostolado Católico – Irmãs Palotinas, é uma Escola particular, mantendo o objetivo social peloa qual foi criada.

Texto: Ir Cleusa Maria Casarin
Pesquisa e fotos: Maria Eduarda Röhl Carvalho